≡ Menu

Críticas

Para evitar as críticas, não faça nada, não diga nada, não seja nada.

— Elbert Hubbard

Eu e meu amigo Oscar Wilde, um sábio em suas colocações!

Eu e meu amigo Oscar Wilde, um sábio em suas colocações!

A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo. Para ser popular é indispensável ser medíocre.

— Oscar Wilde

Inimigos?

Então você tem alguns inimigos… bom, isto quer dizer que você tem uma posição definida!

— Winston Churchill

Pare de dizer: mostre-me!

O melhor conselheiro é o que está ciente do fato de que aqueles que receberão os conselhos querem uma lição-objeto.

O que as pessoas em busca de conselhos precisam é um exemplo de como outros homens e mulheres, diante de problemas semelhantes, se desincumbem deles.

— Zygmunt Bauman, Modernidade líquida, 1995

Da caridade ameaçada – Paulo Coelho

Há algum tempo, minha mulher ajudou um turista suiço em Ipanema, que se dizia vítima de pivetes. Num sotaque carregado, falando péssimo português, afirmou estar sem passaporte, dinheiro, lugar para dormir.

Minha mulher pagou-lhe um almoço, deu-lhe a quantia necessária para que pudesse passar uma noite no hotel enquanto contactava sua embaixada, e foi embora. Dias depois, um jornal carioca noticiava que o tal “turista suiço” era na verdade mais um criativo malendro, fingindo um sotaque inexistente, abusando da boa-fé de pessoas que amam o Rio, e desejam desfazer a imagem negativa – justa ou injusta – que tornou-se o nosso cartão-postal.

Ao ler a notícia, minha mulher fez apenas um comentário: “não é isso que irá me impedir de ajudar ninguém.”

Seu comentário me fez lembrar a história do sábio que, certa tarde, chegou à cidade de Akbar. As pessoas não deram muita importância à sua presença, e seus ensinamentos não conseguiram interessar à população. Depois de algum tempo, ele tornou-se motivo de riso e ironia dos habitantes da cidade.

Um dia, enquanto passeava pela rua principal de Akbar, um grupo de homens e mulheres começou a insultá-lo. Ao invés de fingir que ignorava o que acontecia, o sábio foi até eles, e abençoou-os.

Um dos homens comentou:

– Será que além de tudo, estamos diante de um homem surdo? Gritamos coisas horríveis, e o senhor nos responde com belas palavras!

– Cada um de nós só pode oferecer o que tem – foi a resposta do sábio.

Não entendi nada…

Vou ser mais direto então: se você tem algo a acrescentar que ajude outras pessoas, é bem vindo e pode deixar seu comentário. Se está aqui só para causar polêmica e criticar por criticar, será solenemente ignorado. Críticas construtivas, críticas em relação a idéias (nunca contra pessoas), são bem vindas, desde que bem embasadas.

Escrevo o que faço, o que penso e a maneira como cuido das minhas coisas e da minha vida. Todos são livres para pensar diferente de mim, mas me reservo o direito de manter minhas opiniões até que deseje mudá-las por vontade própria. Se você não gosta do que penso ou do que escrevo, fique a vontade para me ignorar. Economize o seu e o meu tempo. Obrigado.

Querendo mais opiniões sobre este assunto, Tim Ferriss escreveu um artigo interessante sobre os benefícios de incomodar as pessoas (em inglês).

No final

Então no final, o amor que você leva é igual ao amor que você faz.

— Paul McCartney.